Notícias › 07/10/2015

Trânsito de São Francisco

A nossa Semana Franciscana deste ano teve como tema “Ide, sem medo, anunciar a paz!” A paz que vem de Deus, a paz tão necessária, a paz que o mundo não nos pode dar. Momento forte nesta caminhada pela paz foi a celebração do Trânsito, da passagem de São Francisco deste mundo para Deus. Quem não haveria de temer quando é anunciada a proximidade da morte? Contudo, Francisco a acolhe como uma doce irmã, que não vem para destruir, mas antes para libertar e conduzir à plenitude da vida (cf. Sl 141,8), conforme o salmo que ele mesmo entoou na hora extrema.

Nossos jovens crismandos assumiram o nobre desafio de serem os protagonistas desta celebração. Sob a coordenação dos jovens Jorge e Pedro, e com o apoio dos frades e dos catequistas da Crisma, eles recriaram aos olhos da comunidade, reunida na noite do dia 3 de outubro, os gestos e palavras que marcaram os últimos instantes da vida do Serafim de Assis. A eles nosso parabéns pelo excelente trabalho e nossa gratidão. Que o Senhor os abençoe!

A noite já descia,transito
Assis amortalhava;
em pleno chão deitado
Francisco agonizava.

O mundo na penumbra
aos poucos se escondia,
porém a sua alma
em luz e amor ardia.

O céu ele contempla,
deitado em terra nua,
pois quer cantar a morte,
cantando o sol e a lua.

Seus filhos se lamentam
ao ver chegada a hora;
Frei Ângelo suspira,
e Clara ao longe chora.

“Vem, hora desejada!”
exclama com voz forte,
“Senhor, sejas louvado
por nossa irmã, a Morte!”

Crismandos ensaiam a cerimônia do Trânsito de São Francisco

Celebração do Trânsito de São Francisco