Notícias › 04/10/2014

Solenidade de São Francisco

DSC04149

Francisco, eis que teu dia acaba de raiar;

teus filhos se reúnem: ao Pai querem louvar.

É chegada a Solenidade de nosso Seráfico Pai! Festa tão esperada, solenidade preparada ao longo de toda uma semana de reflexão, oração e sincero empenho de diversos membros da comunidade paroquial e, particularmente, dos seus frades.

Da nossa Ordem foste o Pai e fundador;

sigamos-te contentes em busca do Senhor!

Já pela manhã chegam os irmãos e irmãs da Ordem Franciscana Secular para passarem um dia inteiro de retiro e, com o auxílio de Frei André, meditarem na vida de penitência de Francisco e seus irmãos. Frades e terceiros, como uma só família franciscana, puderam partilhar a mesa comum e confraternizar-se pela solenidade do Seráfico Pai.

Terceiros não esqueças, imenso coração:

Jamais lhes falte a graça, jamais lhes falte o pão!

Como padroeiro da ecologia, o Santo de Assis trouxe inúmeros animais de estimação às portas do convento durante todo o dia, para receberem a bênção sob a sua intercessão.

A própria natureza protejas com amor;

amaste as criaturas, do sol foste o cantor.

Antes da celebração eucarística, presidida pelo guardião Frei Vanderley, frades e fiéis foram até a imagem de São Francisco que se encontra junto ao jardim para uma bênção solene da imagem. Frei Aladim, em sua homilia, frisou que São Francisco é um santo verdadeiramente atual e atuante, sinal de renovação e restauração na Igreja de seu tempo e de nosso tempo, referência indispensável quando se trata de discutir problemas graves de nossa sociedade contemporânea, como a crise ambiental e social, a intolerância religiosa e os conflitos bélicos. Frei Eliseu, imitando o gesto do Papa Francisco, pediu que o povo abençoasse os frades, que, a seguir, deram a bênção de São Francisco.

A glória de Deus trino saibamos celebrar,

pois deu-nos toda a terra, jardim a cultivar.