Salmo III

Tem compaixão de mim, ó Deus, tem compaixão de mim * porque em vós confia a minha alma (Sl 56,2).

Vou esperar na sombra de tuas asas * até que passe a iniquidade (Sl 56,2).

Clamarei ao meu santíssimo Pai altíssimo; * ao Senhor que me encheu de benefícios (cfr. Sl 56,3).

Mandou do céu a ajuda que me libertou * cobriu de confusão os meus perseguidores (Sl 56,4).

Deus estendeu sua misericórdia e sua verdade * arrancou minha alma de meus fortíssimos inimigos (Sl 56,4-5) e daqueles que me odiavam, porque eram mais fortes do que eu (Sl 17,18).

Prepararam um laço para meus pés * e dobraram minha alma até o chão (Sl 56,7).

Cavaram uma fossa à minha frente, * mas foram eles que caíram nela (Sl 56,7).

Preparado está meu coração, ó Deus, preparado está meu coração; * para cantar e entoar hinos de louvor (Sl 56,8).

Acorda, canto da minha glória, acordai, harpa e cítara; * vou me levantar de madrugada (Sl 56,9).

10 Confessar-vos-ei entre os povos, Senhor * vou salmodiar para vós entre os estrangeiros (Sl 56,0).

11 Porque cresceu até os céus tua misericórdia; * e até as nuvens tua verdade (Sl 56,11).

12 Eleva-vos, ó Deus, nas alturas dos céus; * E sobre toda a terra resplandeça a vossa glória (Sl 56,12).