Salmo I

Deus, eu vos contei a minha vida * acolheste as minhas lágrimas na vossa presença (Sl 55, 8-9).

Todos os meus inimigos tramavam males contra mim (Sl 40,8) * fizeram uma reunião contra mim (cf. Sl 70,10).

Pagaram-me o bem com o mal * e com ódio o meu amor (Sl 108,5).

Responderam o meu amor me criticando * mas eu só rezava (Sl 108,4).

Santo Pai meu (Jo 17,11), rei do céu e da terra, não vos afasteis de mim * porque a tribulação está perto e não há quem ajude (Sl 21,12).

Recuem meus inimigos em qualquer dia em que eu vos invocar * porque reconheci que vos sois o meu Deus (Sl 55,10).

Meus amigos e meus companheiros vieram com hostilidade contra mim * e os que eram próximos ficaram lá longe (Sl 37,12).

Afastaste de mim os meus amigos, tornei-me um horror para eles, * fiquei preso, sem poder fugir (Sl 87,9).

Pai santo (Jo 17,11), não afastes de mim o teu auxílio; * Deus meu, vem me socorrer (cf. Sl 70,12).

10 Vem depressa em meu auxílo, * Senhor Deus de minha salvação (Sl 37,23).

11 Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.