Momento com o Papa › 08/07/2014

“Igreja navega no mesmo barco para um único porto”

papa-0807Os sacerdotes que se preocupam obsessivamente com seu tempo pessoal representam para o Papa Francisco um desafio para a Igreja.

Como antídoto a esta tentação, que Francisco chama de acídia paralisadora, o Pontífice propõe em sua Exortação Apostólica Evangelii Gaudium o dinamismo missionário, ou seja, uma Igreja em saída.

Muitos sacerdotes, escreve o Papa, sentem uma necessidade de preservar os seus espaços de autonomia, como se uma tarefa de evangelização fosse um veneno perigoso. O problema, segundo ele, não está no excesso de atividade, mas nas atividades mal vividas, sem as motivações adequadas.

A autorreferencialidade é preocupação também para o Colégio Pio Brasileiro, aqui em Roma, como nos confirma o novo reitor, Pe. Geraldo dos Reis Maia.